Wilson Coelho: A raiz da crueldade é o tema do próximo café literário...

1 de abril de 2017

Wilson Coelho

CAFÉ LITERÁRIO: A RAIZ DA CRUELDADE
Palestrante: Mário Rodrigues
Mediador: Vitor Góes

SINOPSE: A crueldade (do latim crudelitate) é comumente entendida como uma espécie de resposta emocional de indiferença ou mesmo de prazer diante do sofrimento e da dor de outros. Também é considerada como um distúrbio psicológico e, pela nosologia psiquiátrica, como um sinal de desordem antissocial e de conduta. 

Mas qual é a origem dessa crueldade? Muitas seriam as respostas numa perspectiva psicológica, psiquiátrica ou pretensamente científica. Porém, aqui nos interessa estabelecer um debate no campo da ficção, a partir da linguagem e nada mais oportuno do que a obra de Mário Rodrigues em sua “Receita para se fazer um monstro”, obra a do Prêmio Sesc de Literatura 2016, na categoria Contos. Trata-se de um passeio pelo processo de criação do autor, onde a crueldade é um pretexto para se fazer literatura.

Mário Rodrigues, autor do livro “Receita para se fazer um monstro”, com o qual foi o vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2016, na categoria de contos, nasceu em Garanhuns, Pernambuco, em 1977. Pós-graduado em língua portuguesa, é professor de literatura, português e redação. Edita o jornal “u-Carbureto” e mantem o blog de críticas literárias “Na estante de Mário”.

Vitor Góes (foto) é capixaba, bacharel e licenciado em Filosofia com Pós-Graduação em Sociologia Política, formação em psicanálise e Mestrado em Filosofia. É professor de filosofia e sociologia, escritor, músico e compositor. 

Como músico e compositor, além de diversas gravações, tem lançado em vinil In vino veritas (1992). 

Também publicou os volumes Simphonia (2012), que é uma pesquisa de linguagem literária, e Filosofia e Música (2014), onde desenvolve um debate sobre a interdisciplinaridade entre o pensamento e a arte sonora.



Serviço
1° Café Literário “A RAIZ DA CRUELDADE”
Local: Sala da Palavra – Centro Cultural Sesc Glória
Dia: 11/4/2017 Horário: 19h30m
Classificação etária: Livre
Valor do Ingresso: R$ Entrada franca




Wilson Coêlho
é professor,
teatrólogo, 
tradutor,

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49