A exposição do carioca Antonio Bokel "Nada além das palavras" pode ser vista até 4 de agosto

26 de julho de 2016


Quem ainda não conferiu as diversas obras do artista, a maioria exclusivas especialmente para a mostra em Vitória, pode visitar gratuitamente na galeria de terça a sábado.

A exposição tem curadoria da crítica de arte carioca Daniela Name e inclui uma seleção de obras do artista que vai desde pinturas, algumas em tamanho monumental, a esculturas, como a obra ‘Filosófica’, um galho de bronze gigante fincado em um livro, e também a criação ‘Babel’ uma torre de blocos de cimento com mãos em bronze saindo dos blocos. Segundo o próprio artista, a mostra é muito gráfica. 

- “Uso muitas impressões em tela. Figuras geométricas se misturam com ruídos e palavras. Texturas e blocos brancos, que tapam a pintura em camadas de tinta, são elementos frequentes. Também falo sobre a constante briga da natureza para sobreviver no asfalto, do embate do urbano e do natural”, explica Bokel.

Na visão da curadora e crítica de arte da mostra, Daniela Name, ‘Nada além das palavras’ enfatiza a relação da obra do artista com dois universos: o da palavra e o da gravura. Segundo Daniela, a trajetória do Bokel é marcada pela relação com o grafite e uma espécie de escrita urbana. 

-  “Nós podemos pensar que, quando ainda vivia em cavernas, o homem já desenhava para se expressar, para se comunicar, para ter uma linguagem antes mesmo de ter um alfabeto”, diz a curadora.


A curadora ainda explica que ao usar os muros da cidade como uma grande tela, o grafite se relaciona com esse passado ancestral, sem deixar de se conectar com o presente. 

 Mesmo os traços e os signos, que aparentemente não têm sentido, formam mensagens e discursos simbólicos, e o conjunto de pinturas que essa exposição apresenta tem muita relação com esse processo.


- “Outro ponto importante que a exposição destaca é a relação com a gravura. Nos trabalhos recentes, Bokel usa uma espécie de máscara para cobrir parte da tela. Isso faz com que ele crie um processo vizinho de qualquer gravura, e também do stencil, usado nos muros das cidades”, complementa Daniela.

Quem também passa pela galeria também pode reparar no prédio da mesma que há uma intervenção artística que leva o nome da exposição. 

É que pela primeira vez a galeria convidou um artista para intervir na fachada em comemoração aos seus 10 anos. 

Bokel utilizou a técnica stencil de aplicações e letras e palavras para colocar na fachada a escrita que leva o nome da exposição ‘Nada além das palavras’.

Arte na cidade

Com o objetivo de criar um diálogo com a cidade de Vitória, onde está sua exposição, o artista carioca Antonio Bokel, realizou, juntamente com os artistas capixabas Raphael Genuíno e Alex Vieira, uma intervenção artística pela capital, envolvendo 13 pontos da cidade. 


O nome da individual “Nada além das palavras” foi usado em um grupo de cartazes do tipo lambe-lambe, que os artistas espalharam de forma consciente pelas ruas. Alguns pontos como Leitão da Silva, Avenida Norte Sul em Jardim Camburi, Centro de Vitória, Avenida Adalberto Simão Nader, ganharam a arte urbana dos artistas com imagens e palavras.

Sobre o artista, Bokel possui obras nas maiores coleções brasileiras como a de Gilberto Chateubriand e no acervo do MAM, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. 

Recentemente o artista esteve em Portugal para participar de um projeto da Unesco, no qual ele foi escolhido entre 10 artistas do mundo todo para fazer esculturas que interajam com os jardins do Castelo da Pena, em Sintra. E outra novidade na carreira do artista para 2016, é que Bokel também trabalha no lançamento do seu livro, que reunirá seus trabalhos desde 2007.

‘Nada além das palavras’
Artista: Antonio Bokel
Curadoria: Daniela Name
Visitação gratuita – até 4 de agosto
Matias Brotas arte contemporânea
Avenida Carlos Gomes de Sá, 130, Vitória/ES. (subida da Maternidade Santa Úrsula.  (27)3327-6966.
Horário – Terça a sexta – das 10 às 19h e sábado das 10 às 15h

Com Daniella Ewald

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49