Filmes capixabas são premiados pela 11ª Mostra Produção Independente, que homenageou Ramon Alvarado

9 de junho de 2016


O homenageado, cineasta Ramon Alvarado, um dos pioneiros da produção de filmes no Espírito Santo



Na noite dessa terça-feira (7) foi realizada a cerimônia de premiação da 11ª Mostra Produção Independente - Cenários. Iniciado na última sexta-feira (3), esse tradicional evento do audiovisual no Espírito Santo, contou com mostras de filmes locais e nacionais, lançamentos e debates. 


Antes do anúncio das produções premiadas pela Mostra Competitiva Capixaba, foi lançado o DVD Coletânea e o público presente assistiu à homenagem ao cineasta Ramon Alvorado. 

As atividades da 11ª Mostra Produção Independente - Cenários foram gratuitas no Cine Metrópolis/Ufes-Campus Goiabeiras, em Vitória-ES.
Fizeram parte da Mostra Competitiva Capixaba 37 curtas de diversos gêneros (ficção, documentário, animação, videoclipe, videoarte e experimental) realizados entre 2012 e 2016.

As sessões dessa mostra foram seguidas de debates com os realizadores dos filmes exibidos permitindo que o público conhecesse um pouco mais sobre o processo criativo dos diretores e produtores. 

Fizeram parte do Júri da Mostra a diretora e produtora Sáskia Sá, o professor de cinema Fábio Camarneiro, o diretor Diego Locatelli e a pesquisadora em cinema Maria Inês Dieuzeide.

Produções Premiadas

Escolhido como o Melhor Documentário da Mostra Competitiva Capixaba, “Das águas que passam”, de Diego Zon, revela o cotidiano da comunidade de pescadores da Vila de Regência, em Linhares, Norte do ES. Premiado como a Melhor Ficção, “Eclipse Solar”, de Rodrigo de Oliveira, narra, por meio de temporalidades distintas, um drama familiar ambientado no Museu Solar Monjardim.

O documentário “Calado”, de Livia Gegenheimer, ficou com o Prêmio Link Digital, ganhando o serviço de Encode/DCP fornecido pela empresa Link Digital. 

Nessa produção, a paisagem cotidiana de Vitória é a personagem de uma narrativa montada com um desenho de som inventivo e com ótimos enquadramentos. 

O Prêmio Inovação Artística foi concedido para “Carta para Eros”, de Herbert Fieni. 

Esse documentário apresenta uma pesquisa de linguagem que passeia entre a memória pessoal do diretor e a memória coletiva da cena LGBT de Vitória nos anos de 1990.
O vigoroso retrato da presença feminina no rap capixaba rendeu o Prêmio Revelação para “Irmã de Cena”, de Gisele Bernardes. 

Durante a premiação, a diretora falou emocionada sobre a participação feminina no cinema e sobre violência praticada contra as mulheres no contexto capixaba e nacional. 

Um segundo Prêmio Revelação foi para o documentário “Asé”, de Vinicius Vasconcelos.

A produção veio do Centro Estadual de Ensino Técnico Vasco Coutinho e que tem o Candomblé como temática.

“Carta para Eros”, “Irmã de Cena” e “Asé” foram agraciados com o prêmio incentivo do Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação (Iatec) que consistirá na realização de cursos fornecidos por esse instituição.

Apresentando imagens contundentes da periferia, o videoclipe “Uns Tenta Ação” do grupo de rap Fora do Padrão conta com a direção de Judeu Marcum e recebeu Menção Honrosa. Além desse curta, o diretor contou com três produções concorrendo na Mostra Competitiva Capixaba.

Realização da ABD Capixaba, a 11ª Mostra Produção Independente - Cenários é uma importante janela de valorização do cinema local e promove a inserção do Espírito Santo nas principais discussões nacionais sobre o setor audiovisual. A mostra conta com o apoio institucional da Secretaria de Cultura do Espírito Santo (Secult), do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), da Link Digital, do Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação (Iatec) e da Universidade Federal do Espírito Santo. 

Resultado da Premiação da 11ª Mostra Produção Independente - Cenários

Melhor Filme Documentário “Das águas que passam”, de Diego Zon
Melhor Filme de Ficção para “Eclipse Solar”, de Rodrigo de Oliveira (foto à direita)
Prêmio Link Digital para o filme “Calado”, de Lívia Gegenheimer
Prêmio Inovação Artística para o filme ”Cartas para Eros”, de Herbert Fieni
Prêmio Revelação para o filme “Irmã de Cena”, de Gisele Bernardes
Prêmio Revelação para o filme “Asé”, de Vinicius Vasconcelos

Menção Honrosa para o videoclipe “Uns Tenta Ação”, de Judeu Marcum




Paulo Gois Bastos
é jornalista 
- 27 - 98134-6831 / 3022 - 6479

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49