O Globo demite ao menos 40 profissionais em novo passaralho

8 de dezembro de 2015

Publicado em Segunda, 7 Dezembro 2015 

Escrito por Jacqueline Patrocinio

O início da semana está sendo conturbado para os profissionais de O Globo. Nesta segunda-feira, 7, fontes informaram ao Portal Comunique-se que ao menos 40 colaboradores teriam sido dispensados, entre baixas em Brasília e no Rio de Janeiro, tendo atingido as editorias de 'Economia' e 'Rio', além das áreas de fotografia, vídeos, online e comercial.

A apuração mostra que o jornalista Paulo Roberto Araújo, que foi chefe de reportagem do veículo, está entre os desligados. O repórter Alessandro Lo-Bianco, responsável por revelar a atuação da máfia que aliciava chineses para trabalho escravo e descobriu o esquema do uso de carne de cães na produção de pastéis no Rio de Janeiro, também foi demitido, ao lado de outros colegas.

A informação é de que o passaralho vai continuar e as equipes serão enxugadas em janeiro, fevereiro e março, quando novas demissões devem ser promovidas pelo diário, em um processo de integração com a Editora Globo. As baixas são esperadas também para outros departamentos da Infoglobo. Procurado, O Globo preferiu que não comentar os desligamentos.

Leia Mais:
O Globo demite mais de 100 funcionários; redação sofre cerca de 30 baixas
Em reformulação, O Globo demite ao menos 30 jornalistas
Além de demissões, Infoglobo reorganiza diretorias e encerra ‘Prosa & Verso’
O Globo dispensa cinco colunistas e anuncia retorno de Artur Xexéo

Histórico de demissões

Em 8 de janeiro deste ano, 160 profissionais de O Globo foram dispensados, sendo 30 colaboradores da redação - entre repórteres e diagramadores. 

Na época, Arthur Xexéo, jornalista premiado e integrante da galeria 'Mestres do Jornalismo', do Prêmio Comunique-se, foi demitido. Nove meses depois, outra reformulação foi responsável por momentos de tensão no impresso. 

A Infoglobo colocou fim em 20% de seus postos de trabalho e 30 jornalistas foram dispensados apenas em O Globo. Inserido no corte, o editor executivo Pedro Doria usou a página que mantém no Facebook para explicar que deixava o cargo de chefia, onde atuava no dia a dia do veículo carioca, para seguir apenas como colunista de tecnologia da casa. A responsável pelo 'Prosa & Verso', a jornalista Manya Millen, também figurou na lista de cortes e o suplemento chegou ao fim.

Em setembro, os colunistas Mario Sergio Conti, José Castello, Joaquim Ferreira dos Santos, Adriana Calcanhotto e Tony Bellotto foram dispensados e Xexéo foi reintegrado. 

Somando os outros dois impressos da empresa, Extra e Expresso, mais profissionais da redação foram demitidos. Sobre a situação, a assessoria de comunicação da Infoglobo disse, na ocasião, que a empresa tomou a iniciativa de realizar um processo de reorganização da estrutura com objetivo de se adequar ao atual momento e às perspectivas futuras.

Fonte
http://portal.comunique-se.com.br/destaque-home/79595-o-globo-demite-ao-menos-40-profissionais-em-novo-passaralho-info

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49