Modelo capixaba encarna Frida Kahlo em exposição de fotografias no Jalapeño

24 de agosto de 2015


Ensaio do fotógrafo Danyllo Rocha com Julia Pedroni homenageia a artista mexicana

Por Ana Laura Lahas

Um ensaio fotográfico surpreendente revive a pintora Frida Kahlo, a partir desta terça-feira (25), no restaurante no Jalapeño - Cocina y Cultura, em Jardim da Penha. A modelo Julia Pedroni posou para as lentes do fotógrafo Danyllo Rocha durante a Frida Week, semana de ações culturais realizadas entre os dias 6 e 13 de julho, para marcar o nascimento e a morte da artista e ativista mexicana.

As expectativas são as melhores possíveis. 

- “Foi maravilhoso ter um grande nome como inspiração para o meu trabalho”, afirma o fotógrafo Danyllo Rocha, 24 anos de idade e cinco de carreira. Seu trabalho, ligado especialmente à produção de vídeos, fotos esportivas e ensaios com modelos, pode ser visto no Instagram (@rochadanyllo) e no Youtube (youtube.com/preportfolio).


A mostra Frida en Jalapeño é sua primeira exposição individual e poderá ser vista até o dia 25 de setembro, com entrada franca. 

Todas as imagens foram produzidas dentro do restaurante, que combina cozinha e cultura, inspirações do México pré-colombiano com ingredientes típicos do Brasil. 

Durante a abertura da mostra, nesta terça-feira, o DJ Ricardo Cabelo, residente da festa Môio Grosso, comanda a trilha sonora, com sua coleção de discos de jazz, soul e samba rock e vinil.

Para visitar



Exposição Frida en Jalapeño. Abertura terça-feira (25), às 19 horas, no restaurante Jalapeño – Cocina y Cultura, com discotecagem do DJ Ricardo Cabelo. 

Sobre o Jalapeño

Inaugurado há pouco mais de três meses em Jardim da Penha, o Jalapeño Cocina y Cultura aposta na mistura da milenar cozinha asteca com sabores bem brasileiros. O cardápio do chef Alex Gadiol não dispensa as porções generosas de pimenta, mas inova ao acrescentar molhos e recheios tropicais a peças típicas como os nachos, as tortilhas, os tacos e os burritos. Os preços variam de R$ 7,50 a R$ 85.

Um dos destaques é o Miguel Hidalgo y Costilla, cozido de peito bovino, calabresa, grão de bico, vagem, pimentões, cenoura, batata, cebola roxa, jalapeño, feijão vermelho, couve e repolho roxo. O Cerro Verde chega à mesa com camarões salteados com tomate fresco, manjericão e molho de pimenta jalapeño defumada.

O Meyuca (sanduíche com fraldinha, rúcula, cebola caramelizada, tomate confitado, molho de carne e mostarda) e o Don Diego de la Vega (bife ancho com molho de carne, pimentão recheado com tomate confitado, alho, manjericão e orégano) também têm feito sucesso entre os frequentadores.

De sobremesa, as sugestões são mousse de chocolate com calda de mirtilo e pimenta; cesta de banana com sorvete de creme; pera ao vinho com sorvete de creme e churros de chocolate; doce de leite ou queijo com goiabada.

A carta de drinks surpreende pela variedade. Há opções de bebida com e sem álcool. Além de contemplar os tradicionais Margarita, Mojito, Dry Martini, Daiquiri, Tequila Sunrise e Bloody Mary, o bartender Romário Marques criou outra dezena de opções, como a que batizou de Leon Trótski, mistura de rum, morango, mirtilo, hortelã, açúcar mascavo, suco de limão e cravo da Índia.

Na lista dos coquetéis sem álcool, estão o Aguapepa (suco de laranja, xarope de morango, maçã verde ou framboesa, manjericão e suco de limão); o Peña Flores (cenoura, couve, suco de limão, xarope de mirtilo e mirtilo); e o Palo Dulce (laranja com beterraba, suco de limão e morango silvestre).

Serviço
Jalapeño – Cocina y Cultura. Rua Francisco Generoso da Fonseca, 355, Jardim da Penha, Vitória/ES.
(27) 3029-4742 e (27) 3029-4743. 
Aberto de segunda a sexta, a partir das 18 horas (happy hour e jantar). Sábado e domingo, a partir das 11 horas. 
Cartões: Visa, Mastercard, Dinners e American Express. 
Facebook: @jalapenococina. 

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49