Sudeste e Nordeste são recordistas com 503 inscrições no 22º Fetival de Vitória

17 de junho de 2015
Lúcia Caus, diretora do Festival 
(Foto: Cacá Lima)

Até a última sexta-feira (12), diretores de cinema de todo o Brasil inscreveram 650 filmes no 22º Festival de Vitória, 230 a mais do que no ano passado. 



No total, 41 animações, 193 documentários, 377 ficções, 33 vídeos-artes e seis videoclipes participarão do processo de seleção.

A região Sudeste inscreveu 373 filmes, seguida pela região Nordeste, com 129 obras. A região Sul tem 88 inscritos. As regiões Centro-Oeste, Norte e o Distrito Federal somam 28, 17 e 15 inscrições, respectivamente.

- “O grande número de inscrições espelha a boa repercussão que o Festival de Vitória vem tendo ao longo dos anos. Para nós, é um privilégio poder contar com a participação de filmes das mais variadas culturas e origens”, diz Lucia Caus, diretora do Festival de Vitória.

Este ano, a organização também viabilizou inscrições de filmes através da internet.

Foram aceitos filmes finalizados em 2014 ou 2015 que tenham sido captados, originalmente, em qualquer tipo de suporte - película, digital - mas que possuam cópia nos formatos DCP sem KDM / DCP aberto, MOV/MP4 H264 ou Bluray para exibição.


Seleção

As obras inscritas deverão serão selecionadas até meados de julho pela equipe do Festival. A curadoria fica novamente a cargo do professor e cineasta Erly Vieira Jr., do cineasta e crítico de cinema Rodrigo de Oliveira e da programadora de filmes infanto-juvenis Rosemeri de Assis Barbosa.

Os escolhidos farão parte da programação do 22º Festival de Vitória, de 11 a 16 de setembro na capital, e concorrerão a prêmios em diversas categorias.

Abertura do Festival do ano passado, 
dia 12 de setembro
Foto: Gustavo Louzada


Novidades

O 22º Festival de Vitória apresenta uma nova marca, com uma identidade visual que faz referência à transição entre fotogramas de uma película ou frames de um vídeo.

Além disso, o Troféu Marlin Azul é substituído pelo Troféu Vitória, concedido aos filmes e profissionais premiados nas mostras e concursos do Festival. 

Seu novo formato, criado pela OCA – Oficina de Criações Criativas, é uma homenagem à capital capixaba e foi inspirado na deusa greco-romana homônima.

Entre as novas premiações realizadas pelo Festival, está o Prêmio Canal Brasil de Curtas-Metragens, que contemplará o selecionado com a exibição do filme na programação do Canal Brasil, o Troféu Canal Brasil e R$ 15 mil. 

Novos prêmios também serão concedidos pelas apoiadoras do evento, as empresas CiaRio, DOT, Mistica e Cinecolor.

O Festival de Vitória é uma realização da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA). 

Conta com o patrocínio do Ministério da Cultura através da Lei Rouanet, da Petrobras, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), da Rede Gazeta e da Prefeitura Municipal de Vitória.

Enviado por Danielle Ewald

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49