Adriana Delmaestro lança coleção Curvas Gregas em parceria com o artista plástico Rodrigo de Castro nesta quarta

11 de novembro de 2014
(Foto: Mônica Zorzanelli).


“Curvas Gregas” traz mais 
de 20 peças inspiradas 
no alfabeto grego.


Por Danielle Ewald


Pela primeira vez no Espírito Santo a arte vai se unir à joalheria numa parceria do artista plástico Rodrigo de Castro com a designer de joias capixaba Adriana Delmaestro (foto).


Adriana Delmaestro transformou a arte e as ideias de Rodrigo de Castro em joias, sem deixar de lado seu toque pessoal.

Com os traços do artista, inspirados no alfabeto grego, a designer os adaptou para peças em joalheria e o resultado final são mais de 20 joias entre anéis, braceletes, brincos, pingentes e também algumas peças masculinas, em diversas variações do ouro, muitas curvas, vazados e traços geométricos.

Todas as joias são duplamente assinadas, possuem uma embalagem exclusiva e um certificado de garantia da peça/obra.

Rodrigo de Castro desenhou essa coleção de joias em homenagem a aqueles que criaram com sabedoria o pensamento e fundaram a Filosofia.

- “O alfabeto grego nasceu no século IX a.C.. Ao longo da História e do desenvolvimento da humanidade, seus símbolos foram utilizados para significar conceitos e assim compor as fórmulas da Geometria, Matemática, Física, Química e Astronomia. Faltava a Arte”, explica Rodrigo.

Um dos destaques da coleção é o bracelete inspirado nas formas básicas da Geometria (foto à esquerda).

Outra peça marcante é o anel inspirado na fórmula da energia de Albert Einstein E=MC² (foto à direita). Um dos brincos traz o símbolo da letra Rho.

Outro destaque, aliás, é que algumas peças são multifuncionais, característica marcante do trabalho de Adriana Delmaestro. Pingente que se transforma em gargantilha, bracelete que se transforma em pingente, entre outros.

Depois de Vitória, as joias, com edição limitada, também serão lançadas em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e outras capitais do Brasil.

Sobre Rodrigo de Castro

Rodrigo de Castro (foto) é artista plástico, trabalha com pintura, desenvolve seu trabalho em óleo sobre tela, esculturas em aço inox e é a primeira vez que desenvolveu desenhos para uma coleção de joias.

Ele começou a pintar na infância, nos anos 50, e foi assim até a adolescência. Depois seguiu outro caminho pela área da tecnologia.

Nos anos 80 retornou à pintura, conciliando o seu trabalho nas duas áreas. No ano de 2000 escolheu seguir adiante apenas com a arte.

Rodrigo pertence a uma corrente da cultura contemporânea, a arte construtivista, sendo a construção pela cor a principal característica do seu pensamento. O crítico de arte Jacob Klintowitz associa a pintura de Rodrigo de Castro a um labirinto “... não por não podermos descobrir a saída, mas por desejarmos permanecer nele e por seu caráter de imensidão, de espaço unificado, por sua natureza de sistema, de universo completo em si mesmo, contendo em si todas as referências...”

Rodrigo de Castro é mineiro e a partir dos anos 80 realizou diversas exposições individuais e coletivas em galerias pelo Brasil em estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e também no Espírito Santo.

Participou da 9º Bienal Internacional de Arte, em Valparaíso, no Chile. Rodrigo também já foi contemplado com o Prêmio principal do 13º Salão de Arte de Ribeirão Preto e prêmio Aquisição do 11º Salão Nacional de Artes Plásticas, FUNARTE, no Rio de Janeiro.

Sobre Adriana Delmaestro

Completando 15 anos de carreira este ano como designer de joias, a capixaba Adriana Delmaestro possui um traço marcado por um design autoral único.

Tudo é inspiração para a designer que está sempre em pesquisa constante. Ela faz uso de ouro, metais e pedras, com uma maior tendência para peças grandes e de linhas modernas, sempre com desenho exclusivo.

Suas criações são publicadas em editoriais de revistas como Vogue, Elle, L’Officiel entre outras publicações nacionais. Suas peças também frequentam importantes exposições de design como Joia Prime, Paralela Gift, Art Wear entre outros.

Em 2009 seu trabalho foi selecionado entre sete nacionais e nomes consagrados da área, como Antonio Bernardo, para participar da Bienal de Design Brasília.

Em 2012, seu anel ‘Encaixe’, em ouro branco com safiras azuis e ródio negro, recebeu, entre 10 finalistas, o único Prêmio Idea Brasil na categoria ‘Design de joias’ e junto a ele o certificado de excelência em Design.

A premiação é um equivalente ao Oscar do design mundial.

Serviço:
Lançamento “Curvas Gregas” de Rodrigo de Castro e Adriana Delmaestro
Quarta-feira, 12 de novembro, às 19 horas
- Loft 620, Rua Joaquim Lírio, Praia do Canto, Vitória/ES

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49