Bárbara Paz abre 20º Vitória Cine Vídeo Itinerante/Rota Inverno

19 de maio de 2014
O caminhão-cinema vai pecorrer 10 cidades, de norte a sul do Espírito Santo, entre os dias 5 e 21 de junho


Antecipando a estação mais fria do ano, o 20º Vitória Cine Vídeo Itinerante dá início a sua Rota Inverno.

Ao todo, dez municípios do Espírito Santo receberão as sessões com filmes nacionais. A exibição de abertura será no dia 5 de junho, em Pedra Azul, município de Domingos Martins, e contará com a atriz Bárbara Paz (foto) como apresentadora.

As sessões são gratuitas e seguem até o dia 21 de junho. O caminhão-cinema vai percorrer o território capixaba de norte a sul com prioridade para os municípios da região serrana do Estado. Em breve, serão divulgados os filmes da programação e outras cidades que fazem parte da Rota.

O 20° Vitória Cine Vídeo Itinerante – Rota Inverno é uma realização da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA), com patrocínio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), do Ministério da Cultura - através da Lei Rouanet, da Petrobras e da Rede Gazeta. A iniciativa tem parceria do Governo do Espírito Santo, da Prefeitura de Vitória e do Instituto Sincades, e ainda conta com apoio institucional das prefeituras locais.

Sobre Bárbara Paz

Formada pela Escola e Teatro Macunaíma e pelo Centro de Pesquisa Teatral CPT de Antunes Filho, Bárbara Paz protagonizou vários espetáculos Teatrais, como “Madame de Sade" de Mishima, (Direção de Roberto Lage), "A Importância de ser Ser Fiel" de Oscar Wilde (com Grupo Tapa , Direção de Eduarto Tolentino), "HELL" de Lolita Pille, (Direção de Hector Babenco), "Os Sete Gatinhos" de Nelson Rodrigues (Direção de Alexandre Reinecke), "Contos de Sedução" de Guy Maupassant" (Direção de Eduardo Tolentino).

No teatro, a atriz trabalhou com Bibi Ferreira nas peças de Juca de Oliveira em a Babá e as Favas com Escrúpulos. Foi dirigida por Paulo Autran em Vestir o Pai, de Mario Viana, e fez parte do Grupo Parlapatões por alguns anos.

Atualmente está em cartaz com a comédia da Broadway "Vênus em Visom", de David Ives, com Direção de Hector Babenco.

Em 2013, Bárbara recebeu do Ministério da Cultura Medalha Cavaleiro 2013 pela sua trajetória como Atriz (Honra ao Mérito Cultural do Ministério da Cultura).

Contratada pela TV Globo, fez papel de destaque na novela ‘Viver a Vida’, de Manoel Carlos, dirigida por Jayme Monjardim, interpretando a personagem Renata, que sofria de anorexia alcóolica. Sua última personagem na TV foi Edith, da novela ‘Amor a vida’, de Walcyr Carrasco, com direção de Mauro Mendonça Filho.

TELEVISÃO
Novelas

Amor a Vida - 2013/2014 - Personagem Edith - Globo

de Walcyr Carrasco / Direção Mauro Mendonça Filho / Núcleo Wolf Maya

Morde e Assopra- 2011- Personagem Virgínia - Globo

Viver a Vida - 2009/2010 - Personagem Renata - Globo

Maria Esperança - 2007 - Protagonista - SBT

Cristal - Personagem Inocência - SBT - 2006

Marisol - Protagonista - SBT - 2002

Seriados e Participações

As Cariocas - Personagem Denise, 2010

Força Tarefa - Globo

Retrato Falado - Globo

A Diarista - Globo

MTV Al Dente - MTV

Sandy e Junior - Globo

Megatom - Globo

Turma do Didi - Globo

Reality Show

Casa dos Artistas - Vencedora - SBT - 2001

CINEMA

Longa-metragem

Se Puder Dirija - Direção: Paulo Fontenelle - 2013

com Luis Fernando Guimaraes, Leandro Hassum, Reinaldo Guianichini

Ilha Rá-Tim-Bum - Direção: Eliana Fonseca - 2003

Curta-metragem

?3;33 - Direção de Sabrina Greve

Manual para atropelar cachorros - Direção: Rafael Primo - 2005 - Prêmio de Melhor Atriz Festival de Vitória 2006

Produto Descartável - Direção: Rafael Primo e Flavia Rea 2003 / Prêmio Kikito de Melhor Atriz no Festival de Gramado

Vinte e Cinco - Direção: Maria Ribeiro - 2001

Amigo Secreto - Direção: Márcio Salem - 2004

Não Perca a Cabeça - Direção: André de Luis - 2003

Participações

Quanto vale ou é por quilo? - Direção: Sérgio Bianchi - 2003 Seja o que Deus quiser - Direção: Murilo Salles - 2002

PRÊMIOS

Indicação Melhor Atriz pelo Prêmio SHELL por “Vênus em Visom”, de David Ives
Indicação Melhor Atriz pelo Prêmio APTR por “Vênus em Visom”, de David Ives
PRÊMiO QUEM de melhor Atriz por “HELL", de Lolita Pille Direção de Hector Babenco
PRÊMIO Melhor Atriz - Festival de Vitória Cine Vídeo pelo filme “Manual de atropelar cachorros”, de Rafael Primot
PRÊMIO Melhor Atriz - Festival de cinema de GRAMADO pelo filme “Produto Descartável”, de Rafael Primot
Indicação Prêmio QUEM - melhor atriz por “Edith” da novela “Amor a Vida”, de Walcyr Carrasco - direção de Mauro Mendonça Filho.
Indicação Prêmio Contigo - pela “Renata” da novela “Viver a Vida”, de Manoel Carlos - Direção Jayme Monjardim.

Com  informações de Danielle Ewald

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49